Novo sistema traz economia ao transporte de servidores
28/05/2020 - 13:59

Mais de 16 mil usuários já estão cadastrados no programa TáxiGov para a utilização do serviço de transporte individual de servidores, empregados e colaboradores do Estado. A estimativa é de que o novo programa gere uma economia de quase R$ 500 mil por mês.

O TáxiGov é um sistema semelhante aos aplicativos de transporte de passageiros e permite mais agilidade na locomoção a serviço da administração pública. O programa pode ser acessado por celular ou computador e está disponível 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O servidor da Secretaria da Saúde Yohhan Garcia de Souza presta serviços na Ouvidoria e precisa sair para reuniões com frequência. Antes da pandemia ele utilizou o aplicativo mais de 20 vezes. “O sistema é muito prático, fácil e ágil. Como já estamos acostumados com o uso de aplicativos como Uber, acionar o TáxiGov fica intuitivo”, explica.

Outra vantagem apontada pelo servidor diz respeito à praticidade de solicitar a corrida tanto pelo próprio celular quanto pela equipe na secretaria. “Se estou numa reunião ocupado ou sem internet e não posso solicitar a viagem, entro em contato com alguém da equipe que chama o táxi para mim, me avisando o nome do motorista, placa, carro. Isso facilita muito as coisas”, relata.

MENOS DESPESA - A adoção do aplicativo pelo Governo do Estado tem o objetivo de reduzir despesas com veículos locados ou próprios, que demandam gastos com motorista, combustível, manutenção, conservação e depreciação, entre outros. Um carro oficial gasta hoje, em média, R$ 6,60 por quilômetro rodado. Com o TáxiGov o quilômetro rodado fica R$ 3,34.

O diretor do Departamento de Gestão do Transporte Oficial (Deto) da Secretaria da Administração e da Previdência, Marco Antônio Ramos, pede para que as chefias das secretarias estimulem o uso do novo sistema em substituição aos carros oficiais do Estado.

“O TáxiGov gera uma economia de quase 50% por corrida. O uso do serviço hoje está bem reduzido pelo fato de os servidores estarem em teletrabalho devido à pandemia, mas é importante as secretarias e autarquias buscarem se adequar a essa realidade”, destaca. Ele acrescenta que até o final de 2021 cerca de 2 mil veículos antigos do Estado serão recolhidos.

ADESÃO - Para a utilização dos serviços, os órgãos e entidades que participaram da licitação devem assinar contrato diretamente com a empresa contratada, a Associação Mega Táxi Brasil. Aqueles que não participaram da licitação, mas tenham interesse no serviço, podem aderir à ata de registro de preços e assinar o contrato. Para esclarecer dúvidas, as chefias podem entrar em contato com a empresa pelos números (41) 3072-3440 e (41) 98754-7370. 

Após o cadastramento do órgão, a direção de cada setor deve se informar com o Grupo Administrativo Setorial (GAS) ou demais unidades administrativas de cada secretaria ou entidade sobre o trâmite para utilização do serviço pelos servidores autorizados.

Para ver detalhes de como utilizar o serviço  acesse o link http://www.parana.pr.gov.br/taxi-gov, que contém o passo a passo.