Perícia médica para servidores estaduais será de maneira remota
20/03/2020 - 11:10

A partir de segunda-feira (23) a perícia médica para todos os servidores estaduais será feita de maneira eletrônica. O Departamento de Saúde do Servidor (DSS), da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, decidiu ampliar a medida, que tinha sido estabelecida no início desta semana apenas para servidores com suspeita de contaminação pelo coronavírus. A ação visa evitar a circulação de pessoas e preservar os servidores que trabalham nas unidades. 

O procedimento, que é extraordinário em função da pandemia, vai permitir que as demandas periciais sejam feitas de forma eletrônica. O servidor precisará preencher um formulário e deverá anexar ao processo um atestado médico com a indicação clínica (CID) que comprove a necessidade de afastamento.

A documentação será analisada pela Chefia Médica da Divisão de Perícia Médica, que poderá deferir, ou não, o pedido e, havendo necessidade, solicitar a presença do servidor para esclarecimentos. 

FORMULÁRIOS - No site da Divisão de Perícia Médica é possível consultar os formulários. O servidor deverá escolher a localidade mais próxima de sua residência para direcionar o pedido. 

O serviço remoto de perícia estará disponível nas unidades de Curitiba, Paranaguá, Ponta Grossa, Guarapuava, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá, Apucarana, Cornélio Procópio e Londrina.