Palácio das Araucárias passará por reformas para recuperação da fachada
17/10/2022 - 16:54

O Palácio das Araucárias, no Centro Cívico, passará por uma reforma externa para recuperação da fachada. Com quase 30 mil metros quadrados, a edificação é o local de trabalho de servidores que atuam em oito secretarias e órgãos da administração pública. Ali funcionam, por exemplo, as secretarias estaduais de Administração e da Previdência; do Planejamento e Projetos Estruturantes; do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas; da Justiça, Família e Trabalho; a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba – Comec; Defesa Civil, entre outros. 

Uma empresa especializada foi contratada para fazer um mapeamento que identificou a necessidade dos reparos. Um Termo de Cooperação Técnica (TCT) foi firmado entre a Paraná Edificações (PRED) e a Secretaria de Estado da Administração e Previdência (SEAP) para gestão, contratação, fiscalização e realização das obras. 

A reforma deve começar ainda este ano e a expectativa é que seja concluída até o final de 2023. O investimento na renovação e modernização do pastilhamento será de R$ 5,8 milhões. Para a execução, foi realizado o processo licitatório 0017/2022, na modalidade concorrência pública, tipo menor preço. A empresa que cumpriu com todas as regras do edital e venceu o certame foi a Construtora Meirelis Ltda. 

SEGURANÇA - Sobre a continuidade do trabalho durante as obras, o secretário da Administração e da Previdência, Elisandro Pires Frigo, destacou que a segurança dos servidores será prioridade. “Todas as medidas necessárias serão tomadas para garantir que continuem desenvolvendo suas atividades durante o período da obra com toda a segurança”, disse. 

Frigo acrescentou que a prestação de serviços à população não será prejudicada. Para isso, explicou, alguns órgãos e seus servidores poderão ser alocados em outros edifícios. A Secretaria da Administração também poderá optar por colocar servidores em regime de teletrabalho.